sexta-feira, 24 de abril de 2015

Game of Crentes ("Jogo dos Crente" em inglês) Capítulo 3: A volta do "homem sem rosto"

No capítulo anterior de "Game os Crentes": Cleycianne consegue o apoio de Irmã Wanda e Irmã Fernanda para batalhar pelo trono da Igreja Ungida. Aconselhada pelo Pastor Jairo da filial de Itaquera, Cleycianne decide fazer uma grande Manifestação em Cristo em frente à sede para reivindicar seu trono, mas para isso precisa do apoio de todas as outras filiais, precisa montar um exército de apoiadores da causa. A primeira parada de Cleycianne é na Igreja Ungida de São Mateus, mas o Pastor da filial diz que só vai apoiar a causa se a irmã curar seu filho homossexual em apenas uma semana. 



Game os Crentes ("Jogo dos Crente" em inglês) 
Capítulo 3: A volta do "homem sem rosto"
Autor: Deus
Escritoura e revisoura gramatical: Cleycianne Ferreira




Olhei bem para Deivisson, o homossexual moreno e forte, virei meu rosto fazendo cara de dor e finalmente respondi para o Pastor:

- Eu topo curar Deivisson do homossexualismo em troca do apoio de seus fiéis.

Pastor deu um sorrisinho de lado e disse:

- Ótimo! Os irmões já estão chegando para o culto, o testumunho hoje é seu, poderá contar sua história e chamar todos para a sua manifestação domingo, mas eu só irei libera-los se você curar meu filho até sábado, lembre-se disso!

E tudo aconteceu como planejado, subi ao púlpito, contei meu testemunho, pedi apoio dos irmões da Igreja Ungida de São Mateus e pelos olhares compreensivos e róstos alegres, atingi meu objetivo! Agora só precisava curar Deivisson, que no final do culto já estava com sua mochila pronta esperando eu e as irmãs, se despediu de seu pai e partiu conosco para o terminal de ônibus.

- Deivisson, isso que você está fazendo é uma coisa muito linda, servirá de exemplo para muitos jovens, pois a maioria dos homossexuais não aceitam a cura do Senhor... - disse eu pegando na mão do rapaz e fazendo cara de crente compreensiva.
- Legal, irmã Katylene. Mas saiba que só aceitei vir com você porque queria ficar livre de meu pai e finalmente fugir de minha casa, agora, por exemplo, estou indo para sauna dar meu ânus bem gostoso. Partiu, Chilli Peppers! - disse Deivisson cofundindo meu nome com a de uma falecida travesti da época de outrora.
- Primeiro, meu nome é Cleycianne, não é esse aí que você disse... pelo jeito você não anda lendo os obitúarios dos jornais, não é mesmo? Segundo, você vai comigo SIM!
- Quero ver você me convencer, Katylene.
- Qual celular você tem Deivisson? - disse eu com cara de negociadoura de Javé.
- Esse Samsung Galaxy Gran Duos, muito bom, tela grande...
- E se eu te prometer um iPhone 6 Plus 64GB...
- Se eu me curar?
- Não necessariamente, você só precisa ficar comigo até sábado. Só isso...

Deivisson ficou passado em Cristo com a minha oferta e como ninguém recusa iPhones, seguiu comigo e com as irmãs para Itaquera, pois para tirar um homossexual da vida pregressa, VALE TUDO! 

Chegando em minha casa, acomodei Deivisson em meu próprio quarto, na minha cama e para começar logo a cura, esperei ele tirar a roupa para dormir e entrei no quarto com os seios de fora: 

- O que é isso, sua crente louca? - disse Deivisson levantando da cama assustado.
- Seios, bonitos, não? - disse eu fazendo sinais circulares com as mões em volta dos meus lindos e duros seios.
- Uma mulher casada se oferecer para outro homem é pecado, você anda faltando na Igreja?
- Não ando faltando na Igreja, na verdade eu não falto, nenhum dia! Deus permite que eu faça isso, pois estou mostrando que você pode gostar de seios femininos, para o meu Senhor tudo é válido para tirar um homossexual cego do vale das sombras - Disse eu balançando os seios lentamente.
- Tá e agora? Vai tirar o resto da roupa e me obrigar a fazer sexo com você? - disse Deivisson colocando a mão na cintura como uma varoa brava.
- Não, isso só quando você casar com uma varoa, meus seio são apenas uma amostra grátis. Alias, para completar a degustação de hoje, eu tenho mas uma supresinha... IRMÃ FERNANDA E IRMÃ WANDA, ENTREM POR FAVOR. 

Foi então que para o supresa de Deivisson as duas irmãs também entraram com os seios de fora dentro do quarto e se pararam ao meu lado. 

- Veja, Deivisson, aqui temos uma diversidade de mulheres, uma obesa branca, uma obesa negra e eu, praticamente uma panicat do Senhor. Viu, como a heterossexualidade também permite uma diversidade de góstos e corpos diferentes?
- Vocês são loucas!! O que a gente não faz por um iPhone 6 não é mesmo? - disse Deivisson deitando de bruços com a cara no travesseiro. 

Mandei as irmãs embora e me deitei ao lado de Deivisson, que se assustou novamente: 

- Vai dormir do meu lado, está louca crente safada?
- Sim, dormirei com anáguas tampando minha partes baixas e com os seios desnudos, se você quiser tocar neles durante a noite, fique a vontade - disse eu levantando rapidamente para pingar minhas gotinhas de Rivotril em Cristo direto na boca. 

Deivisson fez cara de nojo, virou para o lado e dormiu, enquanto eu cantava louvores de cura em seus ouvidos. Assim que o dia amanheceu continuei o processo de cura, coloquei o rapaz forte sentado no sofá, deixei a tv sintonizada em um canal de esportes, escondi o controle e enquanto eu limpava a casa, levava petiscos e refeições para ao varão, que ficou bem encantando com a vida de um real homem heterossexual, só não gostou das orações tira-encosto que eu realizava a cada duas horas com a mão em sua cabeça.

Mas eu tinha um trabalho muito maior para continuar, ainda faltavam 4 Igrejas e eu precisava formar o meu exército até o final de semana, a manifestação em Cristo para reinvindicar meu trono na Igreja Ungida já era domingo! Peguei Deivisson, chamei as minhas dragonas e um pouco antes de anoitecer, parti para a Igreja Ungida de Guaianazes. 


Igreja Ungida de Guaianazes - Terça-feira

Pastor Elisbão, um homem com cara de padeiro, bigode de português, com corpo do Faustão após cirurgia bariátrica, me recebeu com muito carinho, me deu abraços apertados, ouviu minha história e rapidamente me autorizou a dar o meu testemunho no culto. Disse que era totalmente a favor de minha causa e que os fiéis da pequena Igreja Ungida de Guaianazes com certeza me apoiariam na manifestação de domingo.

Dei meu testemunho, falei com as pessoas, Deivisson e as irmãs distrubuíram folhetos com lindas fotos minhas sentada em trono, porém no final fui supreendida com um pedido no mínimo estranho do Pastor, que me chamou até a sua sala e disse: 

- Agora que você já fez tudo o que tinha que fazer, eu tenho um pedido.
- Pode falar, Pastor Elisbão.
- Preciso que me dê a sua calcinha!
- Minha calcinha? Mas, eu usei ela o dia inteiro, ta suja...
- Melhor ainda...
- Pastor, você é um tarado sexual?
- Não, calma, deixa eu te explicar: você está cansada de saber que as mulheres não possuem a mesma inteligência que os homens e não quero ver você chegar no trono da Igreja Ungida e botar tudo a perder, por isso usarei a sua calcinha para uma oração ungida de potência cerebral para mulheres. Faço isso com todas as irmãs aqui da congregação e todas elas são inteligentíssimas.
- Ah tá, já tava pensando que era para outra coisa... se é assim, SIM! - disse eu tirando a calcinha por debaixo da saia e dando para o pastor que a aproximou do nariz como sinal de agradecimento. 

Saí da sala feliz e aliviada, pois esse papo de Pastor tarado é tudo intriga da oposição. 


Igreja Ungida da Fazenda da Juta - Quarta-feira 

Após passar mais um dia trabalhando na cura de Deivisson e repetindo a rotina de procedimentos de cura do dia anterior, parti para a Igreja Ungida da Fazenda da Juta, um lugar perigosíssimo, onde só se é permitida a entrada após a liberação dos traficantes. Por incrível que pareça, essa congregação possui um número muito grande de fiéis, perdendo apenas para a Sede do Tatuapé, seguida da Igreja Ungida de São Mateus. 

Após mandar e-mails e cumprir todos os pedidos dos traficantes (tive que dar o celular da irmã Wanda para entrar na comunidade + R$100 reais), cheguei à Igreja Ungida da Fazenda da Juta. Uma construção linda, com detalhes em ouro e iPads à vontade para os irmões acessarem a Bíblia online enquanto estiverem na Igreja, aquele lugar só perdia para a Sede do Tatuapé em boniteza. 

- Olá Cleycianne, quanto tempo! - disse uma voz atrás de mim. 

Virei para ver quem era e não pude acreditar no que via, era Fabiano Jegue, o "homem sem rosto" dos filmes pornográficos da época em que eu era oca e trabalhava na indústria pornô. 

___________________________

Flashback em Cristo. 

Em minha rápida passagem pela indústria pornográfica do começo dos anos 2000, me deparei com muitos atores pornográficos, mas ninguém havia me marcado tanto quando Fabiano Jegue, o "homem sem rosto". 

Fabiano era um homem moreno, musculoso e com um pênis de 24cm, mas como era muito feio, usava uma máscara de lutador mexicano em seus filmes e ficou muito famoso na época por causa disso. Fabiano não tirava aquela máscara de forma alguma, ninguém da industria conhecia seu rosto, nem o público, ele dizia que esse era o segredo de seu sucesso. 

Eu como uma boa pecadora, tinha o sonho de contracenar com esse homem, pedi e forniquei com vários diretores para conseguir fazer a cena com o tão falado ator e não demorou muito para isso acontecesse, quando vi lá estava eu, nua e fazendo sexo para as câmeras com aquele homem enigmático. 

A filmagem foi acompanhada por vários fãs, que fotografavam tudo que acontecia e alguns jornalistas que faziam uma matéria para a Veja sobre o "homem sem rosto do pornô". Na empolgação do momento, Fabiano decidiu fazer anal comigo e eu sem pensar duas vezes topei! 

Logo que começamos, senti que havia algo errado com tudo aquilo, pois aqueles 24 cm estavam me incomodando, então pedi para ele tirar um pouquinho. Na hora que tirou, ouvi um grito de desespero: 

- MEU DEUS, TEM COUVE NO MEU PÊNIS! - disse o "homem sem rosto" colocando a mão na cabeça. 

Enquanto eu escondia a cara por vergonha, ele, desesperado com a situação, tirou a máscara para poder respirar melhor, já que o cheiro de fezes infestou o estúdio e o que ele menos queria aconteceu: todos começaram a tirar fotos de seu horrível rosto, que estava desnudo. 

As fotos foram parar na internet, na Veja e sua carreira pornô acabou rapidamente, assim como a minha. Ele me culpou por sua decadência, chegou até a me jurar de morte e eu fugi todo esse tempo dele como o diabo foge da cruz. 

____________________________


- Fabiano Jegue, o que você faz aqui? - disse eu com cara de "quem tem ânus, tem medo".
- Fui salvo, assim como você, Cleycianne. Virei Pastor e hoje comando a Igreja Ungida da Juta, muita bença, não? Meu nome agora é Fabiano da Grande Unção.
- Muita bença mesmo, parabéns por encontrar Jesus. Não sabia que você era Pastor aqui e fico muito feliz em te ver tão bem.
- Mas creio que você não veio aqui a passeio, não é mesmo? E muito menos para conhecer o meu luxuoso templo.
- Não, vim com uma missão...
- Nem precisa me contar, eu já sei de tudo, as conversas correm, irmã! Quero conversar com você a sós. - disse Fabiano da Grande Unção me olhando bem nos olhos.

Dois homens vieram e tiraram Irmã Wanda, Irmã Fernanda e Deivisson pelos braços do salão da Igreja. 

- Pronto, a sós finalmente.
- Pastor, eu espero que você não tenha nenhuma mágoa do passado, espero que você tenha deixado tudo para trás.
- Meu passado morreu, Cleycianne. Renasci para Cristo e aqui estou, comandando uma grande Igreja, o que eu quero conversar com você não tem nada a ver com isso.
- Me conte o que é, Pastor, quem sabe eu não posso ajudar.
- Eu tenho muito interesse pelo trono da Igreja Ungida e em você também. Te dou todo meu apoio, assim como dos meus fiéis e também quero ser dono de tudo isso...
- Mas Pastor, a minha visão foi clara, o trono é meu por merecimento divino.
- Sim e eu não duvido disso, mas se você casar comigo também será meu.
- Eu sou uma mulher casada, não posso fazer isso...
- Casada? Com esse marido viajando há meses? Te dou meu apoio, mas você tem que se separar e casar comigo, se por acaso, conseguir o trono. Você me deve muito, você acabou com a minha vida no passado, é o mínimo que pode fazer por mim hoje e tem muita coisa em jogo aqui...
- Entendo que a sua Igreja é muito grande, tem muitos fiéis, mas eu não posso aceitar isso, seria contra tudo o que eu acredito...
- Bem, o que você esconde naquele quarto da sua casa também vai contra tudo o que você acredita. Se você casar comigo, eu não conto para ninguém o que tem lá, porque se contar você já sabe, né? Esse trono nunca será seu. E ai, aceita? 


COMO ELE SABIA DAQUILO? ME AJUDA SENHOR!! 





E agora? Será que Cleycianne aceitará se casar com Fabiano da Grande Unção? O que será que Cleycianne esconde no quarto secreto? E Layla Camile, por onde anda? Cleycianne conseguirá o apoio da outras 2 Igrejas? Deivisson será curado? Não perca o próximo capítulo de "Game os Crentes"! 


quinta-feira, 16 de abril de 2015

Game os Crentes ("Jogo dos Crente" em inglês) - Capítulo 2: O Exército de Cleycianne

No capitulo anterior de "Game of Crentes": Depressiva, Cleycianne chorava o seu declínio como Diva do Senhor e pedia a Deus uma ajuda para voltar a ser o que era. Durante o casamento da Irmã Wanda, o Pastor Adenilson, rei e líder de todo império da Igreja Ungida (sete igrejas espalhadas pela ZL de SP) bebe um gole de um copo de água e caí morto no chão. Cleycianne recebe um chamado divino dizendo que ela deve assumir o trono, mas é repreendida por irmã Cercília do Tatuapé,  esposa e herdeira do Pastor morto. 





Game os Crentes ("Jogo dos Crente" em inglês) 
Capítulo 2: O Exército de Cleycianne
Autor: Deus
Escritoura e revisoura gramatical: Cleycianne Ferreira


E o que era para ser um lindo casamento, acabou com uma grande tragédia. Sete pessoas morreram durante o culto, incluindo o Pastor Adenilson Nogueira, quatro irmãzinhas que infartaram, um irmão que saiu desesperado correndo e foi atropelado por um ônibus e uma irmã que se jogou do mezanino para tentar salvar o Pastor. 

Eu estava muito triste pela morte do Pastor Adenilson Nogueira, mas Deus havia falado comigo, Deus havia me dito que o trono da Igreja Ungida me pertencia e nada me faria tão feliz naquele momento. Deixei a Igreja amparando a irmã Wanda, que chorava desesperadamente, mas decidida que colocaria Irmã Cercília do Tatuapé no lugar dela! 

- Cley, por que isso foi acontecer comigo? Bem no dia mas feliz da minha vida, uma tragédia dessas acontece...
- Não liga, Irmã Wanda. O Senhor sabe o que está fazendo, você está triste, mas eu encontrei o caminho para ser diva novamente. É tudo uma questão de merecimento e era estranho você estar mas feliz do que eu, visto que eu pareço uma Anja do Senhor na Terra e você... você é assim, né?
- Verdade, irmã Cleycianne! Sei que tudo dará certo para mim um dia, mas esse casamento era tão importante para mim, seria o passo final da minha cura lésbica, pois teria uma noite deliciosa de amor com meu marido Robertão Varão de Deus, finalmente!
- Irmã, chegou a hora de você esquecer esse casamento, pelo menos por enquanto, e ficar do meu lado, ser meu braço direito novamente! Me ajude a conquistar esse trono, que assim que tudo der certo, eu mesma casarei vocês dois! 
-Eu estou com você irmã, Cleycianne - disse Irmã Wanda sorrindo e me dando um abraço apertado, porém fomos interrompidas pela obesa Irmã Fernanda: 
- Irmã Cleycianne, eu acredito na sua revelação e também quero estar do seu lado nessa batalha pelo trono da Igreja Ungida. Você é a anja do Senhor que a nossa congregação precisa - Disse Irmã Fernanda se ajoelhando diante de mim.
- Nossa irmãs, nem sei o que dizer. Estou muito emocionada com tudo isso, muito obrigada.
- Seremos como dragonas te protegendo e cuspindo fogo em quem te impedir de realizar a vontade do Senhor - disse irmã Wanda limpando as láfrimas dando as mãos para mim e para a Irmã Fernanda. 

Estava formado ali um pequeno exército do Senhor, um exército de varoas valorosas, ungidas, mas eu precisava de mas apoios, então fui correndo conversar com o Pastor Jairo, da Igreja Ungida de Itaquera. Cheguei na Igreja em lágrimas e contei tudo o que havia acontecido para meu querido Pastor.

Igreja Ungida de Itaquera - Domingo

- Cleycianne, eu acredito em você! Lembra que eu acreditei quando você chegou aqui após se intoxicar com esperma de 50 homens? Eu acreditei em você, no seu potencial e não duvido que o Senhor tenha colocado essa missão na sua vida.
- Mas Pastor, eu não posso simplismente chegar lá e tomar o lugar do Pastor Adenilson Nogueira, sua esposa Cercília jamas deixará isso acontecer!!
- Com certeza, irmã! Não estamos falando apenas de um "trono", mas sim de um negócio de milhões de dólares...
- Eu nem me interesso pelo dinheiro, quero voltar a ser rainha, Deus quer isso de mim!
- Ok, minha ovelha loura. Eu acho que você precisa de apoio popular, fazer uma grande manifestação na frente da sede da Igreja Ungida e pressionar Cercília para que ela renuncie o império do Pastor Adenilson, Deus quer isso e nada melhor do que o povo para reinvindicar esse direito divino. Você terá todo meu apoio, contarei suas histórias para os fiéis de Itaquera e estaremos do seu lado. 
- Muito obrigada, Pastor Jairo. Nem sei o que dizer - disse eu emocionada, enquanto uma lágrima caia de meu olho esquerdo.
- Agora você precisa fazer isso nas outras cinco Igrejas: São Mateus, São Miguel, Guaianazes, Aricanduva e Fazenda da Juta. Precisa do apoio deles, vá nas Igrejas conte o seu testemunho, crie um exército!

Levantei do banco da Igreja, joguei meu cabelo para o lado esquerdo e disse:

- Nada impedirá a minha vitória com sabor de mel! Criarei um exército e irei marchar até o Tatuapé para conquistar o que é meu por direito divino!

No outro dia, fui surpreendida logo de manhã pelas minhas dragonas Irmã Wanda e Irmã Fernanda que traziam uma linda cesta de café da manhã para mim. Comemos felizes, sem exceder os limites da gula e logo contei para elas o meu plano de criar um exército e fazer uma manifestação em Cristo em frente à sede Igreja Ungida no Tatuapé reivindicando o trono. Elas acharam a idéia maravilhosa, me apoiaram e decidiram limpar a minha casa para comemorar a minha nova empreitada, eu fiquei apenas sentada observando.

- Irmã, vou limpar esse quarto aqui agora, tá? O da porta vermelha...
- NUNCA QUE VOCÊ VAI ENTRAR AÍ, DEMÔNIO! - disse eu levanto da minha poltrona com pose de Rachel Sherazade
- Cleycianne, por que ninguém pode entrar nesse quarto? Desde que o Wandersson foi trabalhar fora é essa novela...  - questionou Irmã Wanda.
- Toda mulher tem seus segredos, Irmã. Não quero falar sobre isso, me respeitem - disse eu fazendo cara de blogueira de moda mimada.
- Tudo bem, irmã. O quarto de Layla Camile já está limpo, só que não a vi hoje, ela está na escola? - questionou Irmã Fernanda.

MEU DEUS! Eu havia esquecido Layla no banheiro da Igreja do Tatuapé, trancada com o garoto Jofre!! Mas rapidamente me acalmei, pois quem nunca esqueceu a filha de 13 anos trancada no banheiro ou esquecida numa mesinha de algum Mcdonald's, não é mesmo? Respirei fundo e respondi para a Irmã:

- Layla está garantindo o futuro dela, pois se nada disso que estou planejando der certo, ela pelo menos arrumará um marido rico. 

As irmãs fizeram cara de dúvida, mas logo mudei de assunto e as apressei na limpeza, pois precisávamos começar a nossa jornada nas filiais da Igreja Ungida.

- Irmã, reparei que sua casa possui muitos mosquitos, então enchi esse sacos com água para espantar eles, vi na televisão que isso.... - começou a explicar a obesa Irmã Fernanda, que logo foi interrompida por mim .
- IRMÃ, NÃO TEMOS TEMPO!! DEPOIS VOCÊ FALA SOBRE ISSO! - disse eu dando um esporro em Cristo

Depois da casa limpa e todas prontas, seguimos em direção à Igreja Ungida de São Mateus.


Igreja Ungida de São Mateus  - Segunda-Feira

Chegando lá, fomos recebidas logo de cara pelo Pastor Clauder, que arrumava o altar para o culto que estava prestes a começar. Ele me deu a mão e disse que era um prazer me rever e eu sem delongas já fui contando a minha história, com intervenção artísticas de Irmã Wanda e Irmã Fernanda que interpretavam algumas das cenas que aconteceram durante o casamento.

- Eu fiquei sabendo desta história, linda blogueira do Senhor. Ela já está correndo pelas 7 Igrejas e acho que essa tal de Cercília deve sair de lá, não a vejo tomando conta de nosso império. Mas também não acho que você esteja preparada para tal, pois todos sabemos que as mulheres possuem o cérebro menor que dos homens. É o que eu ensino aqui em minha Igreja.
- Eu sei Pastor, mas eu recebi um chamado divino, todo mundo viu e presenciou. E eu gostaria que você me cedesse um espaço no culto de hoje para eu contar o meu testemunho e convocar os irmões para a manifestação que farei na frente da sede no próximo domingo.
- Eu posso até deixar você fazer isso, mas precisará fazer algo por mim.
- O que tenho que fazer por você? Pastor, me diga! Já digo que não faço anal e nem oral. 

Foi então que Pastor Clauder bateu palmas bem fortes e disse:

- Deivisson, entre por favor. 

Um rapaz moreno, forte, de cavanhaque e sobrancelhas feitas na navalha entrou no salão de cabeça baixa e parou ao lado do Pastor Clauder.

- Esse é Deivisson, meu filho mas velho. Ele é homossexual passivo e eu só deixo você convocar os  meus irmões de minha Igreja se curar ele do homossexualismo. 
- Mas Pastor, a cura demora um pouco, eu não consigo fazer isso aqui, em minutos!
- Por isso ele passará a semana com você, se você trazer ele curado no sábado a noite, libero minhas ovelhas para irem à sua manifestação no domingo, se por acaso ele continuar fazendo amor com o bumbum ou apresentar indícios disso, eu não libero ninguém. Topa ou não topa? 

FIQUEI GÉLIDA EM CRISTO.




E agora, será que Cleycianne conseguirá curar Deivisson da homossexualidade? Quais serão os desafios que ela enfrentará nas outras congregações? O que aconteceu com Layla Camile? Qual o segredo do quarto da porta vermelha? 

terça-feira, 14 de abril de 2015

15 motivos para você não usar o aplicativo Dubsmash


Acordei esses dias, olhei meu Facebook e levei um susto em Cristo, achei que o apocalypse Drag havia começado, pois só havia vídeo de gente dublando em timeline! Logo descobri que aquela iniquidade se tratava de um aplicativo para celular chamado Dubsmash, onde você grava as suas próprias dublagens. Esse app de Satanás se espalhou pela internet e eu, como uma mulher de Deus que sou, venho aqui mostrar para vocês 15 motivos para não se usar essa coisa. Olha só: 



1. Vão achar que você é uma drag queen, que não deu certo.

2. Se você já é feia no selfie comum, imagina num selfie em movimento! 

3. No futuro vai morrer de vergonha por ter postado tanto vídeo tosco nas redes sociais. Seu passado irá te condenar. 

4. Aumentará os níveis de vergonha alheia na Terra, e a vida já não anda nada fácil. 

5. É homem fazendo voz de mulher, mulher fazendo voz de homem... tudo do jeitinho que a ditadura gayzista gosta. 



6. Ninguém dubla lindas mensagens da Bíblia na voz do Cid Moreira, só coisa que não presta. 

7. Britney Spears já faz Dubsmash há alguns anos em seus shows, provavelmente o app tem a ver com os Iluminatis. 

8. Não é porque é "moda" que você precisa "entrar na onda", "moda" de depositar dinheiro na sua conta ninguém "entra na onda", não é mesmo? 

9. Gastar a bateria do celular para passar na vergonha na internet não é de Deus.

10. Dubsmash começa com "D" de Diabo.




11. Os amigos comentarão seus vídeos com "kkkkk" e "nossa, que demais hahahaha", mas na verdade estão apenas rindo da sua cara de palhaça.

12. Pessoas que não conhecem a função de apertar ou não o play dos vídeos da timeline reclamarão que você só posta isso. 

13. E aquele conselho sempre pertinente: "Miga, apenas pare". 

14. Bispa Sônia não dubla. 

15. Jesus também não.



JESUS JOGUE ÁLCOOL GEL EM MEUS OLHOS

domingo, 12 de abril de 2015

Game of Crentes ("Jogo dos Crente" em inglês) - Capítulo 1: O casamento negro

Eu fui salva e encontrei Jesus no dia que pisei na Igreja Ungida de Itaquera, encontrei minha casa, meus irmões, minha familia e deixei para trás tudo de ruim o que fiz em minha vida mundana.  Assim como eu, milhares de outros irmões também foram salvos em uma das filiais da Igrejas Ungida, sete espalhadas pela Zona Leste de São Paulo, um império de Deus da classe média alta.

A sede de todo esse império fica no chique bairro do Tatuapé em uma construção linda com muita ostentação em Cristo,  pinturas góspeis do Romero Brito e é comandada pelo fundador, e dono de toda essa bençã, o Pastor Adenilson Nogueira.

Pastor Adenildon Nogueira tem pulso firme, é o rei da Igreja Ungida, respeitado por todos fiéis,  aconselha os pastores das filiais, administra o dízimo e é claro, deixa todas irmãs solteiras de pernas bambas com sua voz grossa e imponente. Mas, para a infelicidade delas, é casado com uma mulher 35 anos mas nova que ele, a Irmã Cercília com quem teve um lindo filho chamado Jofre Augusto.

Só que Deus age de formas estranhas, ninguém contava que uma grande tragédia abalaria essa familia ungida e que eu, Cleycianne Ferreira, seria escolhida por Deus para travar uma batalha maior do que a minha própria vida. 




Game of Crentes (Jogo dos Crente em inglês)
Capítulo 1: O Casamento Vermelho 
Autor: Deus
Escritoura e revisoura gramatical: Cleycianne Ferreira 


- Mãe, eu quero entrar no quarto da porta vermelha!
- Layla Camile, eu já te disse, você não pode entrar nesse quarto.
- Como assim, mãe? Desde que o pai Wandersson foi embora esse quarto fica fechado. Eu não entendo!
- Layla, seu pai não foi embora, ele foi viajar a trabalho, pois precisa trabalhar para fazer a cirurgia masculinizadoura para largar o travestismo, tirar os seios, tomar hormônio masculino, essas coisas... Logo ele volta.
- Ele não vai voltar - disse Layla Camile dando as costas.


E foi assim que o dia começou, mas uma vez discutindo com minha filha adolescente que não aceita a ausência do pai e não entende os segredos que sua mãe, no caso eu, guarda. Depois de tantos anos, eu não sou mas aquela diva famosa, meu trono na internet não é mas o mesmo e eu me sinto cada vez mas desanimada. Minha filha joga na cara todo momento que eu a vendi para comprar um pole dance quando ela era pequena, as irmãs da Igreja ficam perguntando do Wandersson, que nunca volta da viagem a trabalho, e a minha melhor amiga, e uma das irmãs mas feias da Igreja, a irmã Wanda vai se casar. Não que eu ache ruim a irmã Wanda se casar, muito pelo contrário, quero que ela seja feliz, mas ela parece o Netinho de Paula com megahair e eu uma Anja Loura do Senhor, não é justo que ela seja mas feliz do que eu.

Sento triste na mesa, pingo umas gotinhas de Rivotril em Cristo direto na boca e sou interrompida pela campainha, é a irmã Wanda!

- Onde está a madrinha mas linda do meu casamento? - disse irmã Wanda de forma expansiva em Jacó.
- Estou aqui, irmã... - disse eu com cara de depressiva e voz de "queria estar morta em Cristo".
- Nossa, que desanimo, irmã Cleycianne! Cadê aquela irmã que gritava alta, lutava para manter a pose de Diva, escrevia artigos geniais na internet... o que aconteceu?
- Estou muito desanimada, preciso de algo novo em minha vida. Me sinto sugada, esgotada, preciso me sentir importante de novo, quero ser uma rainha, uma diva novamente.
- Mas você ainda é uma diva. Talvez só precise de algo novo mesmo, ares novos. Aliás, tive uma idéia, por que amanhã, antes do meu casamento, você não conversa com o Pastor Adenilson e pede para ele a vaga da missionária do culto das mulheres da sede? A irmã Juventina que comandava o culto foi flagrada assistindo a novela das nove da Globo na semana passada e foi expulsa da congregação, sua chance tá aí.

Meus olhos brilharam, ser a líder do Culto das Mulheres da sede do Tatuapé é tudo o que toda varoa de bem quer da vida, é como ganhar na loteria no mundo gospel.

- Nossa, irmã Wanda, você é uma gênia. Nunca pensei que diria isso a você - agradeci a amiga lhe dando um abraço bem forte.
- Você é linda, Cley! Você merece isso, você é uma anja do Senhor, maravilhosa, formosa e com uma vagina angelical - disse irmã Wanda dando uma piscadinha

Quando ouvi isso, não pensei duas vezes, virei um tapa na cara daquela sapatão disfarçada de irmã ungida:

- Está louca, diabo!? O encosto do lesbianismo está tomando conta deste corpo novamente? Não tem vergonha na cara não? SAÍ ENCOSTO DE CAMINHONEIRO, SAÍ DESSE CORPO MARIA GADÚ - disse eu colocando a mão na cabeça da irmã.
- PEGADINHA EM CRISTO! É essa Cleycianne que eu conheci, é assim que você é irmã! Cheia de amor ao próximo, espontânea em Cristo! Falei aquelas coisas de propósito, só para você se animar e trazer de volta a velha Cleycianne.

Fiquei emocionada em Cristo, isso que é amiga, minha gente! Eu precisava de um empurrão para sair da depressão e não tem nada que me deixa mas animada do que evangelizar um homossexual. Foi então que comecei a planejar como eu chegaria ao Pastor Adenilson para pedir o culto das mulheres da sede do Tatuapé e também comecei a planejar o futuro da minha filha Layla Camile, pois ela já é uma mocinha de 13 anos e está na hora de arrumar um varão para se casar e nada melhor do que eu já começar a agitar o filho do Pastor Adenilson, o lindo e rico garoto Jofre para ela. Também seria uma forma distrai-la da ausência do pai e do meu segredo no quarto da porta vermelha, pois um varão vira a cabeça de qualquer varoa, até de uma mini varoa. Dormi feliz aquela noite, pois enxerguei uma luz no fim do túnel para a minha vida e para minha filha.

Acordei maravilhosa, nem tomei minhas gotinhas de Rivotril e passei o dia fazendo prancha para deixar meu cabelo mas liso do que já é, além de ajustar o meu vestido branco, com muitos cristais egípicios de Jerusalém que abafaria totalmente o vestido da noiva,  minha melhor amiga Irmã Wanda, de quem eu seria madrinha. Me aprontei e saí até mas cedo de casa, para dar tempo de conversar com o Pastor Adenilson antes do casamento e de por em prática o meu plano de aproximação de Layla e Jofre.

Levei Layla Camile de metrô comigo e graças ao laxante que coloquei no suco dela, ela já chegou com vontade de defecar na sede do Tatuapé, tudo conforme eu já tinha planejado. Levei ela até o banheiro próximo a sala do Pastor Adenilson, tirei a chave que estava do lado de dentro da porta e joguei Layla no recinto que já foi tirando a saia para defecar, fechei a porta e rapidamente fui em busca de Jofre. Para minha sorte o avistei rápido:
- Jofre! Preciso da sua ajuda - Disse eu com voz manifestante desesperada do movimento Fora PT.
- O que aconteceu, irmã Cleycianne de Itaquera?
- Venha aqui, você precisa ajudar a minha filha!

Puxei Jofre pela mão, abri a porta do banheiro, empurrei ele pra dentro com Layla e tranquei a porta por fora, pois nada melhor do que uma situação constrangedoura para que uma paixão aconteça, não é mesmo? Impossível um plano desse falhar!

Após garantir o futuro de minha filha, me dirigi a sala do Pastor Adenilson, que já estava a minha espera, pois no dia anterior eu tinha ligado agendando um horário:

- Olá Pastor Adenilson Nogueira, é uma honra rever o senhor. Eu estou muito feliz em estar aqui
- O que te traz aqui, Cleycianne de Itaquera. Eu sei que veio para o casamento da Irmã Wanda, mas o que precisa conversar comigo?
- Bem, eu gostaria de te pedir uma coisa. Eu soube que a ministração do Culto das Mulheres daqui da sede está precisando de uma missionária competente e estou aqui para me oferecer ao cargo.
- NUNCA - disse uma voz feminina atrás de mim após bater a porta da sala.

Olhei para trás e dei de cara com ela, a esposa do Pastor, a Irmã Cercília do Tatuapé.

- Minha esposa é a nova missionária do Culto das Mulheres, Cleycianne, não posso te dar essa vaga.
- Isso mesmo, você acha que é quem, Cleycianne? Saiu lá de Itaquera e veio até aqui para tomar o meu lugar? - disse a Irmã Cercília  em tom raivoso.
- Eu não sabia que a vaga já estava ocupada, eu não quero tirar o lugar de ninguém, irmã. Tenho meu espaço na internet, sou famosa, tenho milhares de seguidores...
- Era famosa você quis dizer, né? Todo mundo sabe que você agora é uma diva ultrapassada da internet e abandonada pelo marido! As conversas correm, Cleycianne....

Fiquei muda com o afronte da Irmã Cercília do Tatuapé e saí correndo da sala pelos corredores do templo, chorando e gritando igual a uma louca em Cristo. Me ajoelhei, sem amassar meu lindo vestido, joguei meu cabelo pra frente, pro lado e pra trás, olhei para o céu e disse:

- Senhor, não me deixe desamparada! Me traga de volta o meu trono, o meu sucesso, me leve de volta ao topo novamente!

Foi então que um trovão fez o bairro de Tatuapé tremer e eu tive certeza que Ele havia me ouvido. Olhei para trás e vi que estava sendo observada pela irmã Fernanda, uma jovem atrapalhada e acima do peso, que devido a sua aparência com certeza nunca arrumaria um varão e tomaria o posto de irmã boleira da Igreja, já que possuia muitos dotes culinários.

- Irmã, o que você está fazendo aí? O casamento começa daqui a pouco e você como uma das madrinhas já deveria estar no altar. - disse irmã Fernanda me tratando como uma diva. 

Levantei e segui em direção ao altar da Igreja, consolada e ajudada pela irmã Fernanda. Tomei meu lugar e aguardei o casamento começar. O noivo, o negro, forte e ex- namorado da irmã Claudete, Robertão Varão de Deus, esperava irmã Wanda emocionado, enquanto o Pastor Adenilson já havia tomado o seu lugar, ao seu lado estava sua esposa, que olhava para o meu vestido morrendo de inveja.

A marcha nupcial começou a tocar, todos olharam para trás e lá estava Irmã Wanda com seu lindo vestido de noiva e um megahair estilo Beyonce de Deus vindo em direção ao altar. Mas mesmo com ela entrando na Igreja, todos olhavam para meu lindo vestido brilhando no altar, mas nem aquilo me animava, o que a Irmã Cercília havia me dito tinha me deixado muito chocada em Cristo e eu só queria o meu Rivotril em Cristo naquela hora.

Irmã Wanda chegou ao altar, foi recebida pelo seu noivo e o sermão do Pastor começou. Depois de meia hora falando, falando e antes de dizer o "eu vos declaro marido e mulher", Pastor Adenilson resolveu beber um golinho do copo de água que estava no altar para amenizar sua garganta seca. Bebeu um golão da água do copo e logo em seguida começou a tossir como se estivesse engasgado, Irmã Cercília deu uns tapinhas nas costas dele, Robertão Varão de Deus também tentou ajudar, mas em segundos o Pastor caiu morto no chão, espumando pela boca.

Uma gritaria tomou conta da Igreja, muitas irmãs começaram a infartar em Cristo e eu comecei a ficar tonta vendo tudo aquilo acontecer e não foi pra menos, apaguei.

Me vi andando no chique Shopping Anália Franco com muitas sacolas, enquanto pessoas olhavam para mim e diziam repetidamente:

- O Trono é seu Cleycianne. Deus quer que tome ele.

Até que tudo ficou escuro e ouvi a voz de Deus me dizer:

- O Trono é seu Cleycianne, tome ele.

Foi aí que acordei de meu desmaio e em meio à aquela gritaria  sussurei comigo mesma "O trono é meu, tenho que tomar ele" e enquanto as irmã gritavam chamando o SAMU, peguei o microfone da mão do corpo do Pastor Adenilson e disse:

- Deus acabou de falar comigo e disse que eu sou a nova dona da Igreja Ungida! O TRONO DA BENÇA É MEU!! 
Irmã Cercília me olhou com cara de indinguinada, largou o corpo do marido no chão e disse:

- QUEM VOCÊ PENSA QUE VOCÊ É? MEU MARIDO MAL MORREU E JÁ ESTÁ QUERENDO TOMAR O QUE ERA DELE?
- Eu sou Cleycianne Ferreira, a Ungida, Faladora de Línguas, Serva do Senhor no mundo da internet, Rainha dos blogs, dos faces e da congregação, a não-obesa, Loura, Curadora de Hps e Lms, Linda, Filha preferida de God, a Não penetrada, Mãe de Layla Camile, Rainha de Itaquera, Rainha dos Ungidos e dos Primeiros Varões, Senhora das Sete Igrejas, Khaleesi dos Crentes, a Primeira de Seu Nome. E o trono da Igreja Ungida é meu, por merecimento divino. - disse eu com muita certeza em Cristo
A Igreja ficou em silêncio, ninguém acreditava ou entendia o que estava acontecendo, mas eu havia acabado de receber um propósito de Deus e estava determinada a assumir o império da Igreja Ungida, nem que aquilo custasse a minha própria vida.





Será que Cleycianne conseguirá o trono da Igreja Ungida? Layla Camile e Jofre se apaixonarão? Wandersson irá retornar? Que segredo Cleycianne guarda no quarto da porta vermelha? Irmã Wanda conseguirá se curar desse trauma? Não perca o próximo capítulo de "Game of Crentes" aqui no blog da Cleyci. 


_____________________________


Capítulo 2: O exército de Cleycianne (adicionado em 16/04/15)




quinta-feira, 2 de abril de 2015

Final do BBB15 tá pior que despacho de macumba!


Tá bem difícil escolher quem deve ganhar o BBB15, ungidos! Primeiro, temos um casal meio fake em Cristo (verdadeiro para Amanda e fake para Fernando) e um cowboy fake, que finge ser pobre, religioso, burro, inocente... um pacote com todos aqueles clichês dos ganhadores do BBB de outras edições.


Fernando
Já chegou querendo formar casal, dando em cima de Amanda, mas não resistiu ao ver a beleza loura da ninfeta-sonsa-erótica Aline e achou que com ela faria um casal mais bonitinho para chegar à final. Fez juras de amor, pedido de casamento, deu satânicas pirocadas na moça, mas não teve jeito: o público rejeitou o casal e Aline saiu com a CARA NA POEIRA. Totalmente motivado por Satanás, o varão despacho de macumba resolveu ir atrás da varoa Amanda para fazer casal, que apesar de estar #ChatiadaemCristo, ainda era louca por ele e nessa estratégia conseguiu chegar na final, apenas usando vaginas.


Amanda
Sempre teve um lado piranhesco, mas também tem um lado de varoa valorosa, pois sonha em encontrar um varão para casar e reproduzir. Chorou por falta de pênis, por ciúme do Fernando, mas no final se mostrou forte em Cristo eliminando a ninfeta-sonsa-erótica Aline e reconquistando o seu varão. Pena que ficou cega de paixão em Satanás e não percebeu que estava sendo levada para o lado negro de Fernando e isso Jesus e nem o público aprovaram. 


Cézar
Poderia ganhar um "Oscar de melhor ator em Big Brother" pois conseguiu encenar o típico cowboy pobre de coração bão, inocente, sonhador e religioso durante quase 3 meses, enganando o público e irritando o Bial ao forçar uma voz de locutor de rádio comunitária de bairro pequeno toda vez que era interrogado ao vivo. Quando chora faz muita força para sair lágrimas, tenho certeza que deve molhar a cueca. 


Bem, no final ninguém merece ganhar esse BBB, mas pelo fingimento todo, quem deve ganhar o voto do público será o Cézar, pois brasileiro está acostumado em gostar de gente que finge ter o coração bão, é humirde e temente a Deus (não estou mandando indiretas para nenhum Pastor, tá gente?). 


TODOS CRENTE CHORA!


UPDATE EM CRISTO:

Tinha esquecido que a Amanda é macumbeira, retiro todos os elogios. Obrigada. 




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...